From:
carlosha@swmb.com.br [mailto:carlosha@swmb.com.br]
Sent: sexta-feira, 29 de janeiro de 2010 13:55
To: carloshadd@hotmail.com
Subject: Atenção quem viaja do Rio a noite para VR (DUTRA)

—–
Forwarded by Carlos Henrique Arruda Dias/SWMB on 29/01/2010 13:54 —–

Jefrey
Jones jefrey.jones@gmail.com

29/01/2010
10:05

To

undisclosed-recipients:;

cc

Subject

Fwd:
Atenção quem viaja do Rio a noite para VR (DUTRA)

 

Bom dia a todos, prestem atenção nesse relato e divulguem
para quem vocês saibam que viaja pela Dutra de noite…

 

Ontem por volta das 21:10hs, estava trafegando na Dutra no
sentido Rio – São Paulo, para vir para Volta Redonda. Estava vindo pela
pista da esquerda a uns 115km/h na altura do município de Queimados (KM
189 ao KM193) quando subitamente passei em cima de uma pedra de
aproximadamente 30 cm de diâmetro, deu um barulho muito forte no
carro, v
i a morte de perto, pensei que fosse capotar pois naquele
instante fiquei sem controle algum do carro. Mas consegui manter a calma e
a destreza e parar meu veículo no acostamento… Minha roda dianteira
direita acabou, pneu estourado e disco de freio quebrado
.

 

Derrepente vi que um Golf, que
trafegava no mesmo sentido, estava na mesma situação que eu, só que ele
parou a uns 110 metros na minha frente. Nesse momento o pior aconteceu, os
dois carros estavam quebrados e parados no acostamento da rodovia com o
alerta ligado
. Ainda assustado com o ocorrido, avistei de dentro do meu carro,
dois sujeitos

saindo de um local escuro com duas bazucas,
diga-se, armas com alto poder de destruição (provavelmente dois fuzis)
, assaltando e
rendendo o casal que estava no Golf parado na minha frente
. Nesse momento já
passava pela minha cabeça
: caí no bote da pedra… Foi aí que, vendo a situação,
desliguei o alerta do meu carro, peguei minha carteira e meu celular e me
joguei no matagal da rodovia para tentar não ser a próxima vítima dos
vagabundos que naquele instante
, muito provavelmente, iriam vir para cima do meu carro. Deixei todos os meu
outros pertences dentro do veículo e o carro aberto. Porém como meu
carro é preto, e o local naquel
e momento estava muito escuro, os meliantes desistiram de
roubar meu veículo.

 

Vi abaixado na mata que eles também se assustaram com o
choro e os gritos da mulher que estava no Golf com o
marido e entraram correndo por um caminho em direção a favela alí de
Queimados.
Esperei por uns 3 minutos abaixado, e fui em direção ao casal
que naquele momento estavam muito nervosos, e literalmente sem nada…
Roubaram nextel, celular, duas carteiras com todos os documentos, cartões e
cheques, cordão e alianças de ouro, que foi arrancado com violência
segundo o relato do rapaz que foi vítima e um notebook.

 

Acionei o 0800 da NovaDutra, pedi dois guinchos e uma viatura
da polícia que nos deixou no posto do pedágio de Seropédica para
registrarmos o fato a PRF.
O motorista do guincho nos
relatou que está acontecendo com muita frequência esse tipo de assalto
nessa localidade, repito, Queimados entre os KM 189 a KM
193, sentido Rio – SP,
no período da noite e que infelizmente
a polícia não dispõem de efetivo suficiente para tomar conta da área, e que
provavelmente os assaltos vão continuar ocorrendo… Por sorte, não
roubaram nada de mim, tive somente o prejuízo do veículo e arranhões por
ter me jogado no matagal… Tomem cuidado e divulguem o fato, vou
escrever para os jornais de grande circulação do Rio de Janeiro para
alertar a toda população. Não venho mais para Volta Redonda a noite, a
vagabundagem tá atuando forte nessa área.

 

Abraços:
Paulo Bettencourt
paulobettencourt@uol.com.br